Seguidores

sexta-feira, 17 de março de 2017

Sacrifício e/ou Esforço - 'Prioridade é a Saúde em Novo Progresso



Em período de campanha eleitoral, muitos candidatos agem compelidos por arroubos de "prometismos" e demagogias de toda a ordem.
 
Servidores do HMNP  em Greve em 2015
 Mas o eleitor em Novo Progresso , escolheu aquele que se dispôs em concorrer com projetos transparentes e  verdadeiros.
Esta é a relação que o eleitor exigiu. Falar a verdade ACEITOU que se fale das dificuldades que os administradores têm e terão, neste caso Macarrão (PSC) falou que iria melhorar a Saúde Progressense (HMNP).
Ex-Prefeito Romanholi Deputado Aguiar e o vice e médico Joviano -Investimentos na saúde virou só promessa
Eleger prefeitos e vereadores, é fundamental para decidirmos o modelo de gestão que teremos nos próximos quatro anos de vida em comum em nossa cidade. 
Imagem Ilustrativa (Enio)

Leia Também:Em Novo Progresso Hospital Publico sem condições de assistência, falta de material mínimo para assistência…sem gaze…sem luva estéril…



Hospital de Novo Progresso ganha aparelho de Eletrocardiograma em 2012

Quais as prioridades que queremos ver no município? Assim aconteceu e continua acontecendo na cidade de Novo Progresso. Analise o quanto foi possível fazer em favor do bem-estar da população da cidade, apesar da queda da arrecadação municipal, especialmente as transferências constitucionais por parte do Estado e do Governo Federal, relativas aos impostos federais e estaduais. 
Imagem ilustrativa em época que vice se tornou Prefeitura e renegou a Saúde em Novo Progresso
O caos que vive a economia brasileira nos últimos anos impôs fortes sacrifícios aos prefeitos municipais, produziu desemprego e transferiu mais responsabilidades aos municípios brasileiros. Os atuais prefeitos , independentemente de partidos, foram os mais sacrificados.  

Apenas, para exemplificar, avalie-se um setor vital para todos: a saúde. ? Há oito anos, durante a campanha eleitoral de 2008, o atendimento à saúde era o pior problema que a cidade vivia e discutia.
Grupo Gazin dou colchões ao HMNP em 2016

O prefeito eleito [Tony Fábio]  compôs com médico para chegar ao poder,  então definiu que em seu governo o atendimento à saúde seria prioridade, e prometeu que iria buscar mais eficiência e que faria os investimentos necessários para oferecer um serviço de saúde de maior e melhor qualidade. Fez ao contrario ao invés de investir na área da saúde, trouxe pessoas de outras cidades ,estado para ordenar a saúde e os progressense nunca tiveram o atendimento que merecem.  
Ex-prefeito Tony -Saúde foi prioridade?

 Na época de dinheiro farto com Governo do Estado e Federal ao lado, não conseguiu  atender a todas as demandas, o prefeito esqueceu em priorizar a saúde. Assim aconteceu também com a educação, pois ha preocupação do Tony era fazer reformas milionárias no papel e esqueceu-se de assegurar qualidade de ensino a todos os progressenses , mesmo sabendo que com o investimento certo geraria oportunidades de crescimento e bem-estar a população.  
Ex-presidente da Camâra Macarrão PSC) e Vereador Edemar Onetta (PMDB)  visitando HMNP

Atualmente a situação deste município [Novo Progresso] ainda é delicado economicamente,  que enfrenta dificuldades de manter em dia os seus compromissos com áreas importantes dos serviços públicos, tais como saúde, educação e outros. 
Em 2013 índios da aldeia Caiapó ficaram revoltados com a falta de atendimento a uma criança indígena de apenas 22 dias que quase vai a Óbito” (Foto Cacique BI)

Vale lembrar que Novo Progresso tem de atender ainda os Distritos de Castelo dos Sonhos, do município de Altamira, e Moraes de Almeida, do município de Itaituba. Os Indígenas são Atendidos - uma região toda vai para o HMNP. Além disto - num poli traumatismo", é impossível mandar o paciente pela estrada, pois ele pode morrer devido ao atual estado da BR–163 (Santarém-Cuiabá)”, ai tem que enviar de avião e quem banca os custos?
 
Ex-Prefeita Madalena Hoffman (PSDB) prometeu um novo Hospital nunca fez mesmo com O Governador do  partido PSDB.



E não é por má gestão. É resultado do caos a que foi submetido por administrações anteriores irresponsáveis e arcaicas, sem comentar da real situação que vive  à economia brasileira. Felizmente, há boas expectativas de que essa situação seja revertida e fique apenas no passado.
O governo Municipal deve priorizar a saúde e não se esquecer de fazer as reformas para colocar nossa cidade no caminho do desenvolvimento sustentável, com novas oportunidades de emprego e renda.
Macarrão (PSC)

Destacou em campanha o prefeito Macarrão que  assegurava, no começo da gestão, que iria dar total prioridade Saúde que o Hospital de Novo Progresso seria reformado e reestruturado, é nisto que o POVO acredita, porque a realidade que viemos está em completa situação de abandono.
Cama para internos no HMNP-  Promotor fez Vistoria em 2016.

Também lembro que o prefeito prometeu implantar um posto de saúde em cada bairro, esta medida deve ser reavaliada!
Nada adianta prédio - gerando mais despesas e o Hospital sem remédio e faltando o atendimento digno ao povo.
Poder Legislativo e Executivo -A Esperança!

Pessoas capazes responsáveis na direção da Saúde, "esta deve ser a principal"  -  para obter excito na administração daquele local que é a esperança dos progressenses -  pessoas competentes no comando -  ajuda muito!