Seguidores

sexta-feira, 24 de março de 2017

Blogueiro e jornalista Jeso Carneiro sofre intimidação em Santarém

Blogueiro e jornalista Jeso Carneiro sofre intimidação em Santarém, no Pará, por parte de pessoas ainda não identificadas

Jeso teve carro pichado com asfalto

O jornalista e blogueiro Jeso Carneiro, que reside em Santarém, no oeste do Pará, sofreu mais um ataque de intimidação na madrugada desta quinta-feira, 23. O jornalista teve seu  carro pichado por pessoas ainda não identificadas.

Carro do jornalista foi vandalizado, esta é a segunda vez que Jeso é alvo dessas ações criminosas.

O carro do jornalista e blogueiro, de marca Hyundai, foi vandalizado por elementos que jogaram uma certa quantidade de tinta a óleo no mesmo, causando prejuízo de cerca de 5 mil reais. O carro se encontrava na garagem da residência de Jeso.

Hoje, pela manhã, o blogueiro explicou que várias câmeras de seguranças ao redor de sua residência serão analisadas pela Polícia na tentativa de descobrir os autores. O jornalista acredita em intimidação por causa de denúncias que o mesmo vem fazendo nos últimos dias em suas matérias.

Blogueiro e jornalista Jeso Carneiro sofre intimidação em Santarém, no Pará, por parte de pessoas ainda não identificadas
O jornalista e blogueiro Jeso Carneiro, que reside em Santarém, no oeste do Pará, sofreu mais um ataque de intimidação na madrugada desta quinta-feira, 23. O jornalista teve seu  carro pixado por pessoas ainda não identificadas.

Carro do jornalista foi vandalizado, esta é a segunda vez que Jeso é alvo dessas ações criminosas.

O carro do jornalista e blogueiro, de marca Hyundai, foi vandalizado por elementos que jogaram uma certa quantidade de tinta a óleo no mesmo, causando prejuízo de cerca de 5 mil reais. O carro se encontrava na garagem da residência de Jeso.

Hoje, pela manhã, o blogueiro explicou que várias câmeras de seguranças ao redor de sua residência serão analisadas pela Polícia na tentativa de descobrir os autores. O jornalista acredita em intimidação por causa de denúncias que o mesmo vem fazendo nos últimos dias em suas matérias.

Jeso na mira de seus inimigos.

Em 2008, Jeso foi alvo de um outro crime, elementos atearam fogo em parte de sua residência. Na época, o fogo chamou a atenção dos vizinhos que alertaram o blogueiro. Até hoje, passados 9 anos, a Polícia não esclareceu o caso. Três delegados faziam parte do inquérito policial. 

O blogueiro Jeso Carneiro tem feitos várias matérias nos últimos dias, denunciando várias irregularidades no governo atual do município, tanto em Santarém como na região, inclusive denúncias como nepotismo.    
O blogueiro Jeso Carneiro tem feitos várias matérias nos últimos dias, denunciando várias irregularidades no governo atual do município, tanto em Santarém como na região, inclusive denúncias como nepotismo.    Por :Hiromar Cardoso 

Nota de Repúdio e Solidariedade a Jeso Carneiro, ABOP

A Associação dos Blogueiros do Oeste do Pará (Abop) vem a público repudiar o ato de violência perpetrado contra o blogueiro associado e jornalista Jeso Carneiro, editor do Blog do Jeso. Crime ocorrido na madrugada desta quinta-feira, 23.

O atentado contra patrimônio de Jeso Carneiro representa o único objetivo de intimidar o blogueiro, que tem denunciado e publicado notícias sobre assuntos como nepotismo e licitações com suspeitas de fraudes em vários municípios do oeste paraense.

O veículo de sua propriedade, de uso familiar e para o trabalho, sofreu um ato de vandalismo.

O vândalo despejou selante de asfalto sobre o capuz do veículo, causando-lhe prejuízos materiais. O blogueiro já registrou o Boletim de Ocorrência na 16ª Seccional de Polícia Civil.

Jeso Carneiro já foi alvo de outros atentados. Teve seu carro incendiado na garagem de sua casa e, em 2008, sua residência foi incendiada por bandidos que até hoje não foram presos.

A Abop presta solidariedade ao blogueiro associado e cobra das autoridades policiais agilidade e empenho na busca pelos responsáveis.

Hodiernamente, blogueiros de Santarém têm sido alvos de uma perseguição criminosa, baixa e nociva, realizada por uma quadrilha que se esconde atrás do anonimato possibilitado pela internet.

Todas as ofensas, injúrias, calúnias, difamações, entre outros crimes que estão sendo cometidos por essa quadrilha, já estão nas mãos das autoridades competentes que já iniciaram as investigações. É um ato repudiado pela Abop.
Alailson Muniz
Presidente da Abop