Seguidores

quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

Dia da Justiça- Nas redes sociais, internautas criticam decisão do STF sobre Renan




A celebração não poderia ser mais oportuna: hoje é Dia da Justiça.

Os brasileiros já prestam as suas homenagens nas redes:

Muitos não concordaram com entendimento da Suprema Corte de que senador poderia continuar no cargo; Internautas criticaram decisão do STF


Facebook

No Twitter, várias são as menções ao episódio. Muitos usuários afirmaram que a Suprema Corte "se curvou" ao senador e o colocaram como um dos homens "mais poderosos" do país.
Twitter

Após a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de manter o senador Renan Calheiros (PMDB-AL) na presidência do Senado, derrubando liminar expedida pelo ministro Marco Aurélio, as redes sociais se encheram de comentários. Os internautas criticaram a decisão, que beneficiou Renan, réu no próprio STF por peculato.
Leia Também:Presidente do Supremo e ministros agiram para ‘baixar a poeira’
*STF mantém Renan no Senado, mas o proíbe de assumir Presidência


Comentário
A lamentável sagração, pelo STF, de Renan como nosso Líder Supremo ilumina a engrenagem principal da nossa desgraça. Ministros do STF nada mais são do que indicados políticos, os quais estão ocupados em nos prejudicar. Ora, o Estado brasileiro, da União ao Município, tem cerca de 3 milhões de postos de indicação, isso para 8 milhões de servidores. Tomando os indicados do STF como padrão, fica óbvio que o Estado brasileiro existe para os Renans. Em suma, pagamos para nossa destruição. Ou acabamos com os cargos de indicação ou acaba o Brasil. Por Dashiell Hammett