Seguidores

terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

Novo Progresso em "Pé de Guerra"

Terça-feira (23)-Exatamente oito dias de rodovia Br-163 bloqueada-
Indígenas bloqueiam rodovia


A principal rodovia que liga o Nortão de Mato Grosso a Santarém no Pará,  a BR-163, esta  bloqueada mais uma vez por indígenas de etnias,  pertencentes ao Município de Altamira
Novo Progresso  é um cidade  em pé de guerra. De um lado, os quase 100 indígenas que exigem direitos por serem os primeiros a habitarem nossas terras, fecham rodovia , colocam uma população em risco por total interesse - próprio ou de alguém - que no anonimato usa muito bem da população indigenistas ( indígenas  em pé de guerra) ,fecham rodovia  ameaçando incendiar patrimônio publico (veículos da Funai) e ferir quem tenta rebater ou é contra o manifesto. Intocáveis humilham a população com seus arcos e flecha, ninguém consegue dialogar, Conversam entre eles no  tupi e o   macro-jê , exigem a presença do governo federal , mas no fundo não querem mais o dinheiro , que o governo liberou, querem que a superintendência da Funai seja transferida de Marabá para Novo Progresso. Num total jogo de interesse lutam incansavelmente  – tipo  jogada de mestre; enquanto isto milhares de motoristas, e a população progressense ficam a mercê dos interesses deles, no sofrimento sem realmente entender e  poder ir ou vir.
família aguardando rodovia abrir(Foto WhatsApp)
Muitos até sorri com a desgraça ; bovinos na carroceria de caminhões aguardam na fila  sofrendo pelo calor e falta de agua, doentes moribundos tem que esperar a boa vontade dos indígenas para poder chegar até o pronto socorro, e famílias (Foto) vivem como pode em baixo da carroceria dos caminhões. A cidade até a coleta de lixo não pode passar (lixão do outro lado do bloqueio), somos reféns dos interesses indígenas na região. Até quando?
 Sem Terra
Outro movimento que bloqueia a rodovia, bem próximo dos indígenas, este infelizmente se não fosse a causa indígena ,a população já teria enfrentado e tirado eles da rodovia. Uma triste verdade, mas que prevaleça a realidade, o governo pouco faz pelo nosso povo, mas defende os indígenas de unhas e dentes, os nossos problemas (Do Branco) sempre em segundo plano.
Descaso- Outro Lado
Enquanto isto o município se depara com outra troca de prefeito , nova administração chegando, e a população imobilizada, ainda não sabe se realmente se isto é bom ou ruim.

O prefeito cassado Joviano de Almeida, foge da prefeitura afrontando os jornalista que queriam ouvir dele como aceitou a decisão da câmara Municipal que o cassou por unanimidade. Tipo cangaceiro , Xingou e  ameaçou os repórteres, sem dar explicação fugiu pela porta dos fundos e deixou a prefeitura.
Joviano nunca prestou contas do que fez com o dinheiro do município de Novo Progresso , sai fugido e deixa a população apreensiva. Os seus comparsas  aqueles forasteiros que ele mesmo trouxe para ajudar a sacar o cofre da cidade , ainda continuam rodando o prédio do paço municipal tipo corvo carniceiro , olhando se sobrou alguma coisa para devorar.
Enquanto a população olha os acontecimentos sem reagir , estes sugadores da coisa publica metem a mão no dinheiro do povo e deixam o cargo simplesmente e nada de justiça.  A população sofre, sem estradas, buracos em vias publicas, hospital com deficiência, servidores com salários atrasados, comunidades sem mínimo de assistência, alunos fora da escola, tipo uma cidade bombardeada por interesses de meia dúzia de pessoa. Talvez esta seria hora do povo fazer acontecer, tipo  os indígenas em pé de Guerra, agir  e banir da vida publica estes falsos políticos, que sugam nosso suor e deixam nossa gente no anonimato , sofrendo sem nada poder fazer.  Então no fundo os indígenas ainda estão certos , mesmo minorias se unem e agem em comunidade , fazendo valer seus interesses por causa própria , colocando milhares de pessoas em seus pés , fazendo obedecer na marra, e o governo baixa a cabeça e vem até eles para resolver o impasse, é nos , ficamos de olhos abertos ,mas cegos fazendo de conta que não devemos enxergar  os caras metendo a mão na nossa grana, e só nos resta o silencio? Porque?