Seguidores

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

BR-163-Bloqueio pode acabar ainda na tarde desta quarta-feira

Foto Novo Progresso
Informação chegou agora ao Blog que os manifestantes do Sintraf ( Sem terra ), já concordaram em liberar a rodovia, embora irão permanecer acampados até o final da reunião marcada para a próxima terça -feira , 01 de março na sede do Incra em Santarém.
Os indígenas estão reunidos neste momento aguardando um documento da Funai onde o governo se compromete em atende-los para resolver a reivindicação de transferir os recurso correspondente aos caiapós para Funai de Itaituba, atualmente é a Funai de Tucumã no Pará que repasse os recursos aos indígenas.
O Documento deve de chegar ainda nesta quarta-feira 24.


BR-163-Bloqueio já causa falta de alguns alimentos nos mercados da cidade de Novo Progresso



O protesto dos índios  Kaiapos e Sem Terra  ganhou força nos últimos dias e repercutiu a nível nacional - sem acordo entre Governo e grevistas, a rodovia continua fechada e começa faltar alguns alimentos nos mercados da cidade.
O principal problema vem na alimentação, o frigorífico que abastece a cidade fica do outro lado da barreira (Protesto) , distante 25 quilômetros da cidade as margens da rodovia BR-163, impossibilitados de passarem pelo bloqueio o alimento falta nos açougue  e supermercados.
O  Governo quer diálogo com grevistas , mas  inclui a imediata liberação da rodovia , antes de negociar.
O efeito cascata do protesto já deixa em alerta a população e alguns produtos perecíveis já  falta nas prateleiras em novo Progresso.
A  gasolina e óleo diesel  o estoque dos postos estão no limite , se o protesto continuar vai faltar combustível, conforme pesquisa realizada pelo Blog nesta manha de quarta-feira (24).
O Clima é bastante tenso na cidade a policia Militar já informou que possui poucos policias em caso de conflito nada poderá fazer. Os motoristas estão revoltados com tempo parado na rodovia, alegam perca da mercadoria e prestações (dividas) para pagar. Na manhã desta terça-feira (23), atearam fogo em ponte, foi preciso a policia militar para conter os manifestantes.

O perímetro urbano da cidade numa extensão de cinco quilômetros as duas pistas da rodovia esta tomada por caminhões, a entrada da cidade para quem vem do estado do Mato Grosso foi fechada nesta manhã pelos motoristas, atravessaram caminhões na rodovia, ninguém entra e sai da cidade - a fila de veículos já atingiu uma distancia de mais de 20 quilômetros, em sua maioria e caminhões carregados de soja e milho vindo do Mato Grosso. A esperança que os manifestastes aceite a proposta do governo e liberem a rodovia.