Seguidores

terça-feira, 15 de dezembro de 2015

PMDB é alvo da PF

Sede do PMDB, em Alagoas, é alvo de buscas da PF


Também foi alvo da operação o ex-vice-governador de Alagoas, José Wanderley Neto


A sede do PMDB, em Alagoas, foi alvo da Operação Catilínias, da Polícia Federal, nesta terça-feira, 15. O presidente da sigla, no Estado, é o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL). Também foi alvo da operação o ex-vice-governador de Alagoas, José Wanderley Neto – 1º tesoureiro do partido, no Estado.
A operação Catilinárias cumpre ao todo 53 mandados de busca e apreensão – na Câmara dos Deputados, sede do PMDB em Alagoas, na residência dos investigados, endereços funcionais, sedes de empresas, escritórios de advocacia e órgãos públicos – expedidos pelo STF, referentes a sete processos instaurados a partir de investigações da Lava Jato. Os mandados, expedidos pelo ministro Teori Zavascki, estão sendo cumpridos no Distrito Federal (9), em São Paulo (15), no Rio (14), no Pará (6), em Pernambuco (4), em Alagoas (2), no Ceará (2) e no Rio Grande do norte (1).
Estadão Por Andreza Matais, Daniel Carvalho, Fausto Macedo e Julia Affonso