Seguidores

sexta-feira, 13 de novembro de 2015

Com a Palavra o Leitor do Blog - Voz do Povo



DESABAFO DE PROFESSOR: Manifesto contra atraso nos salários dos servidores da educação em Novo Progresso

Sou funcionário público municipal

Nunca senti tanta vergonha do meu município como estou sentindo nesses dias. Sou funcionário público do mesmo, no cargo de PROFESSOR, e, por meio desse desabafo venho expor a minha indignação e de muitos outros amigos PROFESSORES que não sabem mais o que fazer perante o problema dos salários atrasados. Somos pais e mães de famílias e temos que honrar os nossos compromissos, mas como honrá-los se não temos dinheiro para tal “façanha”. O Pior o dinheiro do FUNDEB esta na conta da prefeitura, e porque todo final do mês o prefeito Joviano viaja e o presidente da Câmara encontra dinheiro na prefeitura e paga os professores?
Como eu li em uma reportagem “aonde esta indo nosso dinheiro”?
Quando fazemos greve muitos vêem ao desencontro, os pais de alunos principalmente - têm que entender que somos feitos de carne e osso igual a eles, e se o filho não aprende na escola nos somos os culpados, mas quando se trata de salário que é um direito constitucional, ninguém se preocupa em ajudar a classe... "Quando a sociedade participar mais da vida publica e cobrar mais, vai contribuir para melhorá-la", e fiscalizar o destino do nosso dinheiro que esta nas mãos de meia dúzia de pessoas e não prestam contas para sociedade, também vai contribuir para melhorar nosso município. 


O que seria de nossa cidade se não fosse os trabalhos jornalisticos que pelo que parece são os unicos que mostram a realidade desta adminsitração arcaica, entra um e sai outro cada vez pior!

Nós não trabalhamos por esporte e sim porque precisamos. O nosso décimo terceiro salário (que é garantido constitucionalmente ao trabalhador) nos foi prometido, mas pelo andar da carruagem, quem garante que nós receberemos isto, que é nosso por direito. Com os atrasos constantes desorganizou tudo financeiramente falando, há anos que passo o Natal  apertado e parece que neste ano de 2015 não vai ser diferente, a noite de reveillon será do mesmo jeito, quem dera se fosse só eu, imagino todas as famílias que dependem da prefeitura de Novo Progresso, principalmente os contratados, nós funcionários temos pelo menos a promessa de alguma coisa e essas pessoas que nem isso têm.

Mas garanto que os responsáveis por esta situação passaram o natal em suas belas casas com suas mesas fartas de comidas e bebidas arrotando burguesia, enquanto aqueles que labutam todos os dias, engoliram o choro perante suas mesas vazias.

“Sei que muitos queriam desabafar, mas têm medo de retaliação, só que chega uma hora que o senso crítico engasga e você quer regurgitar”

E na noite de reveillon tudo se repetirá. Agora falando como cidadão me sinto enojado por ver o meu município assim, bonito por fora, mas esfacelado por dentro, por causa da incompetência de poucos, muitos pagam. Sei que muitos queriam desabafar, mas têm medo de retaliação, só que chega uma hora que o senso crítico engasga e você quer regurgitar. Espero que tudo se resolva da melhor maneira possível, mas o fato é que esse episódio eu nunca esquecerei é nessas horas que eu me pergunto, “o que eu fiz com o meu voto?”.

Como diz o poeta do reggae Edson Gomes, ” …no nascer do dia meu pai ia e na morte do dia ele vinha, ele trazia sempre o suor no rosto o corpo cansado e nada no bolso…”. Desejo um feliz ano novo para todos e muita saúde em 2016 principalmente para o nosso município, obrigado!!!

Autor -via Email