Seguidores

quinta-feira, 24 de setembro de 2015

Descompasso na gestão



Lamentável 

De líder sindical para  comando geral da educação no município.

Lamentável atuação da ex-líder sindical  Nubia Machado Franchini, do Sintepp, sub sede de Novo Progresso no comando da pasta da educação no Município de Novo Progresso.
Nubia Machado Franchini,

Paralisação dos educadores , impedimento de repórter do plenário da Câmara Municipal mostra o descompasso promovido pela secretaria de Educação do Município, que   deixa claro que pode usar da  categoria para atender seus interesses.

Antes líder com megafone na mão,  mobilizou os educadores para reivindicar seus direitos que segundo ela não estavam sendo cumpridos pelo gestor Municipal (2010/2013), hoje  assumiu o maior cargo na hierarquia municipal , e ao invés de continuar aplicando aquilo que na militância aprendeu, ignora o passado  e debate em favor de fechamento de escolas sem lutar para as melhorias da educação municipal..

Nubia Machado Franchini,
Núbia pode ter esquecido que um dia ergueu esta faixa:  "Líderar não é impor. Liderar é Despertar nos Outros a Vontade de Fazer"....

Hojê abusa da desinformação para imprimir o “quando pior, melhor”, tornando os profissionais verdadeiras massas de manobra longe de alcançar os objetivos reivindicados. Segue uma cartilha desatualizada e descompromissada, com argumentos que defendam o interesse coletivo e covardemente acabam punindo educadores  que acordam cedo dependendo do trabalho para sustentar suas famílias. Com mais de 1 milhão de reais na conta , omitiu se da verdade e segurou o pagamento para beneficiar quem?

Com salário sempre atrasado, a pasta da educação é a que mais recebe dinheiro publico e sempre em dias, o governo Federal não atrasa repasses, e nunca tem dinheiro disponível, para onde esta indo este dinheiro?

Em outro governo ate rateio já aconteceu com a sobra do FUNDEB.

Chegou O momento desses líderes sindicais retrógrados enfrentarem a indignação de uma sociedade cansada de ser usada para seus fins ultrapassados e covardes.



Opinião
 O cidadão cansou de ser desrespeitado nos seus direitos pelas autoridades e agora por seus iguais montados em ex - representantes de agremiações sindicais longe de proteger e garantir conquistas, mas voltadas muito mais para promover conflitos que não favorecem a ninguém e que só constroem prejuízos. Pensem antes de se sentirem donos da uma verdade burra, paralisando e constrangendo, pois do outro lado está o povo que não aceitará como não aceitou esse circo de falso sindical. Expulsar repórter de dentro da casa do Povo, isto não existe justificativa,para  uma secretaria de educação, pasme-me.
Leia nota :

Nota de Repúdio – APIM