Seguidores

quarta-feira, 3 de junho de 2015

Osvaldo Romanholi denuncia seis vereadores e quatro servidores da camâra municípal de Novo Progresso

Briga pelo poder
 
João Garimpeiro recebeu 21 mil reais em sete meses em diárias- mesmo assim denuncia vereadores
Prefeito Afastado Osvaldo Romanholi (PR), denuncia seis vereadores no Legislativo Progressense.

A última semana foi tomada de grande polêmica acerca do acúmulo irregular de cargos, recebimento duplo e uso da máquina pública em proveito político próprio por parte dos vereadores em Novo Progresso.
O Prefeito Afastado Osvaldo Romanholi passou mais de seis meses ameaçando vereadores, segundo ele teria um trunfo em mãos para retornar ao cargo, vendo que os vereadores não cederiam a sua vontade após ter solicitação feita e ignorada pelo legislativo, Romanholi resolveu denunciar os vereadores.
Fato este declarado a imprensa pelo ex-secretário de indústria, comércio e trânsito ao protocolar a denuncia no legislativo, João Garimpeiro confirmou que estava protocolando denuncia contra os vereadores a pedido do prefeito afastado Osvaldo Romanholi e que o motivo do protocolo, é porque os vereadores não acataram o pedido do prefeito afastado em voltar o mesmo ao cargo, então por isso estamos protocolando está denuncia, argumentou João Garimpeiro.

A denuncia, foi protocolada na Câmara de Vereadores nesta segunda-feira 01/06/2015, pelo ex-secretário de Indústria, Comércio e Trânsito e suplente de vereador João Garimpeiro, representando o prefeito afastado Osvaldo Romanholi que agora exige a rápida apuração pela Comissão Processante e a devida punição e pede a cassação do mandato acumulada com a devolução dos valores adquiridos irregularmente ao longo de 2013 e 2014 pelos Edis.

Na denúncia, são indicadas diversas datas e valores em que os vereadores recebiam as diárias, Osvaldo denuncia também o recebimento de diárias por servidores , alegando não terem o verdadeiro motivo para tal recebimento, diárias para viagem a Brasília, Belém ,Itaituba, Santarém e Rondonópolis no Mato Grosso. Romanholi protocolou a denuncia em desfavor aos vereadores: Chico Souza(PMDB), Juarez Civieiro (PSDB), Edemar Onetta(PMDB), Sebastião Bueno (PT), Magno Costa(PROS) e Macarrão (PT). Os Servidores envolvidos na denuncia são: Evandro Cortez Soares Souza, Antonio Celso Carneiro, Quezia Camargo Fortes e Breitnner Vidovix.Leia mais AQUI