Seguidores

quinta-feira, 25 de junho de 2015

Briga pelo Poder em Novo Progresso



Prefeito Afastado pode voltar assumir o cargo
Osvaldo Romanholi
 Osvaldo Romanholi foi afastado do cargo após vereadores aceitarem denuncia para investigar desvio de recurso publico em favor a empresa da família.
Após dois meses  ter sido afastado  pela Câmara de Vereadores de Novo Progresso , o prefeito afastado Osvaldo Romanholi  (PR), pode reassumir o cargo. 
PRAZO ESGOTANDO
A comissão que investiga o prefeito tem prazo de 90 dias para emitir parecer sobre a investigação, no desenrolar do processo o prefeito afastado omitiu-se de dar explicações sobre as denuncias.
Romanholi fez defesa formal e questionou a legitimidade das comissões.

No decorrer da investigação outras denuncias de conduta administrativa foram apresentadas e aceitas pelos edis no legislativo, as denuncias foram protocoladas pelo prefeito em exercício Joviano de Almeida. As denuncias foram aceitas para investigar o prefeito afastado.
Esgotado o prazo para tramitação da denuncia (NOVANET) a comissão já notificou os envolvidos para contestação final.
Após concluso a denuncia volta para deliberação em plenário , onde pode vir com parecer da comissão processante e de investigação, com parecer  favorável a cassação ou não do prefeito afastado Osvaldo Romanhholi(PR).

DESENROLAR
A denuncia com parecer da comissão poderá ser apreciada já na próxima sessão ordinária dia , 30,  terça-feira.
Para cassar o prefeito será necessário dois terços dos votos, seis dos nove vereadores “por voto secreto” devem votar a favor da cassação, ao contrario o prefeito retorna ao cargo.
Se o parecer for contrario a cassação é necessário seis votos para derrubar o parecer, ao contrario o prefeito retorna ao cargo...


BASTIDORES
A volta do prefeito afastado ao cargo já é bastante cogitado nos bastidores da política local, caso os vereadores não retornem , Romanholi ainda tem a via judicial qual até o momento não foi procurada pelo réu.