Seguidores

sexta-feira, 1 de maio de 2015

Pedofilia no Pará

Foto: Reprodução (Arquivo pessoal)
Aliciadoras de menores são presas em Belém pela PF

Acusadas foram denunciadas por funcionário do Serpro preso por pedofilia no mês de março
Duas mulheres foram presas pela Polícia Federal acusadas de aliciar crianças para serem abusadas sexualmente por um servidor do Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro), preso em março em Belém. As prisões aconteceram nesta quinta-feira (30) na capital paraense. Foram cumpridos também oito mandado de busca e apreensão em Belém, Marituba e Castanhal.
As acusadas são irmãs e foram identificadas como Ingrid Luann Mendes Moraes (foto), 26 anos, e Yasmim Mendes Moraes, 22 anos. As duas foram denunciadas pelo funcionário do Serpro Kleber Carneiro como as responsáveis pelo aliciamento de crianças abusadas sexualmente por ele.

Os policiais apreenderam CDs e discos rígidos que passarão por perícia. Segundo a PF, podem ocorrer novas prisões em decorrência do material a ser analisado.

As irmãs foram autuadas pelo crime de estupro de vulnerável, favorecimento à prostituição, e produção de imagem pornográfica envolvendo criança. Elas foram submetidas a exame de corpo de delito e estão presas no Centro de Recuperação Feminino, em Ananindeua, região metropolitana de Belém.
Por: Karla Soares (ORM News)
Foto: Reprodução (Arquivo pessoal)