Seguidores

segunda-feira, 27 de abril de 2015

PT expulsa 3 vereadores por infidelidade partidária em Juruti

PT expulsa 3 dos 5 vereadores do partido em Juruti

Por 16 votos a zero, o PT decidiu expulsar 3 dos 5 vereadores eleitos em 2012 e fazem parte da bancada do partido na Câmara Municipal de Juruti.

A expulsão de Peruano (Edjânio Figueira, 41 anos), Pedrinho (Pedro Natividade Santarém, 41) e Cleverson (Mafra de Souza, 43) foi tomada ontem (22), em reunião que contou com a participação de 16 dos 21 integrantes do diretório municipal petista.

Os três ainda podem recorrer da decisão junto ao diretório estadual.

Eles têm 10 dias para apresentar defesa junto ao PT, em Belém.

A expulsão do trio, conforme o blog antecipou, era dada como certa. Peruano, Pedrinho e Cleverson foram penalizados por infidelidade partidária e desobediência à resoluções internas do partido, como a de integrar a base de apoio ao prefeito Marquinho Dolzane (PSD).

Agora, o PT vai requerer na Justiça Eleitoral o mandato dos 3 vereadores, para dar posse aos suplentes Dorli Souza, Marcelo Pereira e Andréa Alves – 1º, 2º e 3º suplentes, respectivamente.

É a segunda vez na história do município que o PT expulsa um vereador de suas fileiras. O primeiro caso ocorreu em 1994.

Alcançado pelo blog, o vereador Pedrinho disse que o processo que resultou na sua expulsão foi feito ao arrepio do estatuto do partido, pois não foi notificado a fazer a sua defesa pela comissão de ética, e sim pelo diretório municipal.

“Nós não reconhecemos a decisão tomada ontem pelo diretório, já que não se respeitou o que reza o estatuto”, frisou.

Blog do Jeso Carneiro