Seguidores

sexta-feira, 13 de março de 2015

Assalto a Banco em Placas

Polícia recupera R$ 54 mil levados de assalto ao banco em Placas, PA
Foto- G1 Santarém

Dinheiro foi achado dentro de uma mochila abandonada em ramal.
Gerente disse em depoimento que foram levados R$ 115 mil do banco.

Parte do dinheiro foi recuperado e levado pelas policias Civil e Militar (Foto: Divulgação/Polícias Civil e Militar)

Após conferir o dinheiro que estava na mochila achada no fim da manhã desta sexta-feira (13) no ramal do KM 235, local utilizado pela quadrilha de assaltantes para fuga, a polícia conseguiu recuperar R$ 54.110,55 em dinheiro, que tinham sido roubados de uma agência bancária do Banco da Amazônia (Basa), no município de Placas, oeste do Pará.

Segundo o comandante da Polícia Militar de Itaituba, tenente coronel Guilherme Lacerda, uma funcionária da agência, que foi levada como refém pelos criminosos, informou durante depoimento na Delegacia de Polícia Civil, o local onde estaria o malote. A jovem, que trabalha como supervisora de administração do banco, contou à polícia que os assaltantes a obrigaram a carregar a mochila, mas como ela não conseguiu acompanhar o grupo que corria, foi deixada para trás com o dinheiro.
 
Quantia achada na mochila sendo contabilizada
 (Foto: Divulgação/Polícias Civil e Militar

Depois de informar à polícia onde a mochila foi deixada, policiais militares e civis foram ao local e encontraram a bolsa.

Lacerda explicou ainda que o gerente da agência em Placas prestou depoimento nesta sexta-feira e informou que foram levados do banco uma quantia de aproximadamente R$ 115 mil, mas o coronel ressaltou que ainda não há plena certeza sobre a quantia roubada.

Fortemente armados, assaltantes utilizaram reféns
 como 'escudo humano' (Foto: Edson Azevedo)

Entenda o caso
 Por volta de 9h35 de quinta-feira (12), uma quadrilha com pelo menos oito assaltantes atiraram contra a agência bancária do Basa, em Placas, e invadiram o local. Após render clientes e funcionários, os criminosos roubaram dinheiro do banco. Na saída, utilizaram clientes para fazer um “escudo humano”. Segundo a polícia, entre os reféns estavam um ex-prefeito e um secretário municipal de Placas. Na fuga, os bandidos levaram quatro reféns no veículo, mas na estrada, a quadrilha foi cercada por policiais militares do Grupo Tático Operacional (GTO), houve troca de tiros, que fez com que os assaltantes recuassem em direção a um ramal, que dá acesso à cidade vizinha de Uruará. Durante a perseguição, um dos pneus da caminhonete furou, o que obrigou os bandidos a liberar os reféns e abandonar o carro, e sair em fuga a pé pela mata.

Buscas
 Três guarnições do GTO, com apoio de policiais militares da região, e dois helicópteros do Graesp (Grupamento Aéreo de Segurança Pública), de Altamira e Santarém, seguem dando apoio nas buscas aos assaltantes.

Do G1 SANTARÉM-PA