Seguidores

quarta-feira, 1 de outubro de 2014

Operação Castanha - V

MPF PEDE PENA DE 50 ANOS PARA DESMATADORES DE NOVO PROGRESSO

(Foto- Ibama)
 
O Ministério Público Federal (MPF) pediu no dia 23 de Setembro à Justiça, a condenação  em um total de 1077 anos de cadeia para integrantes de organização especializada em grilagem de terras e crimes ambientais com ramificação na cidade de  Novo Progresso, no sudoeste do Pará.

O grupo foi flagrado no dia 27 de agosto pela operação Castanheira, uma investigação da Polícia Federal, Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama), Receita Federal e MPF.
Em relação aos presos que já foram soltos, o MPF informou que já recorreu à Justiça para pedir a manutenção das prisões.
Continue lendo AQUI