Seguidores

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

OPERAÇÃO CASTANHEIRA

(Foto:Juliano Simionato Jornal Folha do Progresso)
Novo Progresso-Policiais federais cumpriram nesta quarta-feira (27), em quatro estados, 14 mandados de prisão - entre preventivas e temporárias - para desarticular uma organização que, segundo os investigadores, especializou-se em invadir terras públicas na Amazônia brasileira para desmatá-las e transformá-las em pasto. Entre as áreas invadidas está a Floresta Nacional do Jamanxim, na cidade de Novo Progresso, no sudoeste paraense.

A lista das pessoas presas em Novo Progresso será publicada  ainda hoje no Jornal Folha do Progresso
Ao menos uma pessoa já foi detida em São Paulo.
Duas fugiram em Novo Progresso, outras foram presas e encaminhadas para sede da policia federal em Belém. 
Apelidada de “Operação Castanheira”, em alusão à árvore protegida por lei e símbolo da Amazônia, a ação é fruto de uma investigação conjunta da Polícia Federal (PF), Receita Federal, do Ministério Público Federal (MPF) e do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), a quem cabe administrar e proteger a Floresta Nacional do Jamanxim.