Seguidores

quarta-feira, 16 de julho de 2014

Eleição 2014- Candidato com ramificação em Novo Progresso é o mais sujo conforme Blog noticiou

O EX-PREFEITO DE URUARÁ ERALDO PIMENTA CANDIDATO A DEPUTADO ESTADUAL, É O CANDIDATO MAIS SUJO DO  ESTADO DO PARA. 
Eraldo Pimenta
 
O Tribunal Regional Eleitoral do Pará (TRE-PA) recebeu 991 pedidos de registro de candidatura para as eleições de outubro deste ano. O prazo para que as coligações e partidos protocolassem os pedidos se encerrou às 19h deste sábado (5). O TRE-PA recebeu pedido de registro de Candidatura de 05 Candidatos a Governador, 05 vice- Governador, 10 Senador, 190 Deputados Federais, 691 Deputados Estaduais.
O Candidato do PMDB ex-prefeito de Uruará, mesmo com sua ficha quilométrica na justiça Federal, seu pedido de candidatura foi realizado no TRE-PA. O pedido esta em julgamento onde poderá ter sua candidatura rejeitada pelo pelo TSE. VEJA AQUI AS CERTIDÕES DO CANDIDATO...

O ex-prefeito de Uruará pesa sob sua pessoa dezenas de processos na justica Federal e Estadual onde no mês de Outubro de 2013 a Promotoria de Justiça de Uruará, representada pelos promotores de Justiça Gustavo Rodolfo Ramos de Andrade e Mônica Cristina Gonçalves Melo da Rocha, ajuizou  ações civis públicas (ACP) com pedido de liminar, contra o ex-prefeito Eraldo Sorge Sebastião Pimenta, por improbidade administrativa referente o pagamento dos salários atrasados dos servidores públicos municipais dos meses de Novembro, Dezembro e 13º Salário de 2012 desviado pelo ex-prefeito. Diante da situação complicada que se encontra, o candidato a deputado, ainda não tem apoio algum de políticos de Uruará e Região da Transamazônica, o único apoio conquistado pelo ex-prefeito de Uruará foi a de Roselito ex-prefeito de Itaituba que é ficha suja.
 Se todos os documentos estiverem corretos e não forem encontrados impedimentos à candidatura, o registro será concedido por decisão monocrática – de apenas um juiz eleitoral. Os casos dos candidatos enquadrados em alguma das condições de inelegibilidade, como contrariar a Lei da Ficha Limpa, por exemplo, serão analisados no plenário do TRE. O Tribunal tem até o próximo dia 5 de agosto para divulgar a lista completa a com as candidaturas homologadas. Depois disso, será aberto o prazo de cinco dias para que sejam apresentadas as eventuais impugnações às candidaturas que serão posteriormente analisadas. Leia mais no URUARÁ EM FOCO