Seguidores

quinta-feira, 26 de junho de 2014

As custas dos outros

Prefeito quer asfaltar a cidade com oneração para os proprietários do imóvel.
Foi exatamente isto que li na mídia local, onde o prefeito de Novo Progresso Osvaldo Romanholi (PR), quebrou o protocolo e foi para cobrança dos serviços.  Contrariando o que prometeu antes no pleito eleitoral de 2012, Osvaldo disse que não sabe mais o que fazer, e não tem amis onde procurar, BNDS,GOVERNOFEDERAL e ESTADUAL, todos estão com as portas fechadas par a ele, a única siada é cobrar do proprietário ou incluir no IPTU para poder asfaltar a cidade, disse.

É simplesmente lamentável, veja bem os senhores aonde nos chegamos, com o caos da atual administração, que não consegue realizar sequer uma obra no município, agora vem enchendo linguiça para tirar o recurso mais uma vez do contribuinte.
É deplorável, com tantos programas do governo federal e estadual para asfaltar as cidades Brasileiras, o mala vem com empresa pronta e custo operacional de 130 reais o metro de asfalto para cada contribuinte.
Com seu Dinheiro: Para alguns a medida aparentemente parece ser ótima, mas para muitos vai sobrar em propriedade embargada pela prefeitura, no futuro, todo cuidado é pouco.....
Simplesmente fica fácil de administrar as “custas dos outros”, igualmente vem ocorrendo com as vicinais, recentemente o consórcio da BR-163 prometeu liberar mais de R$140 mil reais ou 140 mil litros em combustível, para ajudar nas recuperações,  a secretaria de obras do município cobra o combustível dos moradores da vicinal para realizar obra, este é mais um escândalo que deve ser investigado na atual administração.  O recurso de combustível do ano de 2013, que o consórcio enviou ,  foi simplesmente desviado e acabou em uma ocorrência policial na DP local. Arrumar vicinais e asfaltar a cidade com dinheiro do povo não foi o prometido em campanha, agora prometeu tem que cumprir!!.
A população tem que abrir os olhos com as ações do executivo, desta forma ele não quer melhorias ao bem comum, mas ao seus , simplesmente.
Ruas e terrenos sujos
“Aqui em Novo Progresso não temos limpeza pública”, essa é outra reclamação dos moradores. A afirmação é do morador Altino M. Neto que paga uma taxa de limpeza pública  no carnê do IPTU. Além disso, em sua rua há buracos e falta iluminação. Ele acrescenta que terrenos ao lado de sua residência  acumula lixo, causa odor e está cheio de animais peçonhentos.
O cidadão já cobrou da  prefeitura a limpeza e regularização do terreno, mas apenas agora foi notificado que o assunto está em estudo.
“Tudo que pagamos de serviços públicos em Novo Progresso não temos”. Aqui no bairro “Jardim América” por exemplo, todas as  ruas sem asfalto, buracos, sujeira, faltam médicos e área de lazer. Quer mais?, questiona o morador em tom de ironia.
 
"No entanto, se as estruturas são injustas e promovem os direitos de uns às custas dos direitos de outros, e facilitam que alguns consigam mais do que outros, então a Paz não existirá".