Seguidores

domingo, 23 de fevereiro de 2014

Eleição 2014

Partidos e eleitores devem ficar atentos aos prazos do processo eleitoral
 
Partidos políticos, candidatos e eleitores devem ficar atentos as principais datas do processo eleitoral deste ano, divulgado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) através de calendário oficial. Este ano, o pleito ocorre em 5 de outubro, em primeiro turno, e no dia 26 de outubro, em casos de segundo turno. 
Este ano, os eleitores elegem o presidente da República, governadores dos Estados, senadores, deputados federais e deputados estaduais. Dentre os principais itens a serem lembrados pelos eleitores, está o da transferência de domicílio. 
O eleitor tem até o dia 7 de maio para requerer inscrição eleitoral, e em caso de mudança de endereço dentro do município, pedir alteração no seu título eleitoral. O prazo também serve para aqueles que possuem deficiência ou mobilidade reduzida solicitar a transferência para seção eleitoral especial. 
 
Entre os dias 10 e 30 de junho devem ocorrer as convenções para escolha dos candidatos. Nesse período, de acordo com o calendário, as emissoras de rádio e TV ficam proibidas de transmitir programas apresentados por candidato escolhido em convenção. 
 
No dia 5 de julho, os partidos ou coligações devem fazer os pedidos de registros dos candidatos. No dia seguinte, passam a ser permitida a realização de propaganda eleitoral, como comícios e propaganda na internet, desde que não seja paga. Carros de som também são liberados para propaganda, das 8h às 22h. 
Os partidos têm até o 2 de setembro para enviarem à Justiça Eleitoral o segundo relatório dos recursos em dinheiro que tenham recebido para financiamento da campanha eleitoral e dos gastos que realizaram. No dia 3, termina prazo para os candidatos substituírem a foto e dados que serão utilizados na urna eletrônica. 
A divulgação de propaganda eleitoral, na imprensa escrita e internet é mantida até o dia 3 de outubro.
Um dia antes das eleições, os eleitores podem pegar a segunda via do título, termina a propaganda por meio de carros de som, distribuição de material gráfico, caminhadas, carreatas e mensagens dos candidatos.