Seguidores

domingo, 5 de janeiro de 2014

Cai mais dois secretários da prefeitura de Novo Progresso

De mal a pior.....



Foto-Prefeito e vice dando posse a novos secretários ...
O secretário Gelson Dil (DEM), não aguentou cinco meses de governo em sua gestão na Administração. Em Dezembro de 2013, ele pediu demissão do cargo. 
O blog, já noticiou a troca de vários secretários desde o inicio do mandato do prefeito Osvaldo Romanholi(PR), agora chega a noticia que outro secretario vai abandonar o cargo, desta vez é o de Industria e Comercio , o empresário João do palácio das noivas, em seu lugar deve assumir por cunho politico o suplente de vereador João Garimpeiro. Em conversa com filiados da ACINP (Associação Comercial e Industrial de Novo Progresso) , a indicação não é deles e  a nomeação não agrada aos filiados.

Com saída do João do Palácio das Noivas,  já são cinco os secretários que pedem exoneração do governo. É uma proporção grande, pois o governo praticamente ainda nem começou, que muitos dizem por aí.
De mal a pior -Logo nos primeiros dias de governo, o vice-prefeito Dr. Joviano , que é médico, deixou a Secretaria de Saúde e denunciou o prefeito Osvaldo Romanholi (PR), segundo ele , por quebra de acordo politico, por conta de desentendimentos com o comando do governo, que o proibiu de nomear sua equipe de assessores. Joviano abandonou o governo , preferiu se recolher e até hoje continua mesmo como vice-prefeito, cargo para o qual foi eleito.
A cidade esta no abandono, buracos tomam conta das ruas,  a saúde vai pendengando, o social só para os “seus”, os professores não receberam o 13º salario em dias, os contratados entraram na justiça pelos direitos negado pelo município, os servidores reclamam o baixo salario, o prefeito  preferiu viajar e deixar as broncas para o vice-prefeito resolver, sob ordem nada pode fazer, a esperança para 2014 são diminutivas, o prefeito acende uma vela para cada santo, e sem apoio politico na esfera estadual e federal pouca coisa deve de vir para o município neste ano.
Os vereadores estão fragilizados, a maioria apoia o atual prefeito em sua gestão.
Denuncias foram arquivadas pelos edis; na educação existe outra denuncia de desvio de dinheiro publico pelo Sintep, até agora nenhuma providencia foi tomada, o processo tramita nas comissões, sem muito interesse pelos vereadores.
Romanholi foi eleito em 2012  com pequena margem de voto, prometeu “Mudança Já” , se passaram 1 ano e nada obteve êxito, autorizou a implantar uma base de fiscalização na ponte do Jamanxim pelo Ibama / Icmbio,  fechou escolas, ameaçou tirar feirantes, aumentou impostos municipais, diminuiu salários, cortou abono previsto em lei, demitiu opositores , afastou outros para longe, e ganhou fama de ditador. Recentemente Vereador denunciou que quem manda no município é uma das filhas, enfeitou a cidade com pneus velhos, ignorando pedido do legislativo, nenhuma obra em seu primeiro ano de mandato ele conseguiu realizar,  por fim teve que se aliar ao PMDB, qual criticou em campanha.
Romanholli, mandou prender documentos da ex-prefeita Madalena Hoffman(PSDB), nada provou de irregularidade até hoje, no dia dia culpa a ex-administração por tudo de errado no município, mas não justifica. Prometeu auditoria nas constas da ex-prefeita, nunca realizou!
Com fama de milionário, e de não gostar de pobre, Osvaldo Romanholi (PR), tem pela frente  ano eleitoral, varias obras estão paralisadas no município com recurso disponível, como é o caso dos paralelepípedos que não foram concluídos, o colégio técnico esta abandonado no matagal, o pouco que o município conseguiu foi por emenda de deputados de outro partido, e do governo federal e estadual com recurso já empenhado pelo governo anterior.
Osvaldo Romanholi teve apoio dos empresários madeireiros na eleição de 2012, entidade qual representou na presidência, recentemente intercedeu junto ao Ibama para receber madeira apreendida nas madeireiras da região para o município,  madeireiros criticaram atitude, segundo eles o prefeito foi pessoalmente escolher as toras de madeiras , exigiu de primeira qualidade, tipo Ypê e outras madeiras nobres, atitude ridícula e grotesca, disse.
O município sofre, sem ter o que comemorar em obras, o prefeito em fim de ano, levou as maquinas da secretaria de obras para desfilar nas ruas da cidade, muitos reclamaram - com o diesel (combustível) que gastou no desfile daria para arrumar diversos buracos nas ruas que atrapalham o transito, comentam.
Romanholi pregou moralidade pública, ao contrario do que fala, age como ditador, não atualiza o site da transparência Municipal, extinguiu o diário oficial do município, e só entregou balancete ao legislativo, as contas que deveriam estar disponível par a população ninguém sabe por onde anda. Os vereadores ignoram e acompanha o prefeito em suas atitudes, nenhum denunciou aos órgãos competentes foi feita por eles, o descaso com a coisa pública continua em Novo Progresso.....