Seguidores

terça-feira, 21 de janeiro de 2014

Atenção PF

Consorcio dos Municípios do Tapajós
Ilustrativa
A fara com a coisa pública continua....
O consorcio criado para defender interesses dos municípios do entorno do Tapajós, foi responsável pelo derramamento de dinheiro para os municípios realizarem a festa de fim de ano.
“Eles não informam de onde veio o dinheiro, nem quanto foi repassado para os munícipios,” (Prefeitos) mantem silencio sobre valores, e ignoram o caso.
Em Novo Progresso no Réveillon (2013/2014), o município trouxe uma banda do estado do Mato Groso que é contratada hoje por 15 mil reais, e uma sensível queima de fogos que deve ter custado no máximo 10 mil reais, e o restante do dinheiro se realmente chegou foi para onde?

À Controvérsia que alguns (municípios) receberam mais que os outros, como é o caso de Novo Progresso que pode ter recebido 150 mil reais para os festejos, o secretario de finanças não quer falar sobre o assunto e os responsáveis pelo consórcio o atual prefeito de Jacareacanga Raulien Queiróz e Eraldo Nascimento (ex-prefeito de Uruará) secretário executivo se evitam também de comentar sobre o assunto. Não atende telefone e não responde e-mail.

É preciso que a Policia Federal comesse a investigar a possibilidade de derramamento de dinheiro público recebido de estatais, para futura eleição de deputados na região, com a transferência deste dinheiro para as prefeituras.
Os município que participam do consórcio Tapajós são: Aveiro, Jacareacanga, Trairão, Rurópolis, Novo Progresso e Itaituba.