Seguidores

terça-feira, 26 de novembro de 2013

Prefeitura terá que melhorar merenda escolar

Ilustrativa
O promotor de Justiça em exercício, Nadilson Portilho Gomes, da Promotoria de Justiça de Santa Luzia do Pará, expediu nesta segunda-feira (25), através do Ministério Público do Estado (MPE), recomendação ao prefeito, Adamor Aires, ao secretário municipal de educação, ao presidente da câmara municipal e demais vereadores para regulamentação do fornecimento de alimentação escolar no município.
A recomendação solicita a garantia do fornecimento adequado desses alimentos, em quantidades satisfatórias, com disponibilização de locais para os seus armazenamentos, com aquisições de freezers, geladeiras, bebedouros e garrafas térmicas suficientes aos estabelecimentos de ensino, inclusive com disponibilização de água potável para os estudantes e profissionais.
O documento expedido pelo MPE foi elaborado com base nas informações coletadas nos autos de Inquérito Civil Público, através de visitas realizadas nas escolas nos anos de 2012 e 2013, com representantes da sociedade civil e poder público municipal.
(DOL com informações do MPE)