Seguidores

terça-feira, 26 de novembro de 2013

7 milhões deixam de circular em Novo Progresso


Vender ou doar uma rua?
Ilustrativa
Romanholi (PR), volta a tona nesta semana com a denuncia bombástica de um empresário que denunciou a falta de interesse do atual prefeito que a cidade se desenvolva.

Investimento de 7 milhões foram impedidos de ser investido no município de Novo Progresso pelo prefeito que criou impasse em uma rua obsoleta da cidade

O prefeito Osvaldo Romanholi (PR), vem se revelando diante da administração municipal em Novo Progresso.

Desde o inicio do governo tomou medidas drásticas , que segundo ele seriam necessárias para ajustar a economia do município. Osvaldo fechou escola, aumentou os impostos municipais, e aumentou a taxa do alvará em mais de 200%.
Decretou estado de emergência no município e reformou o gabinete e abriu rua para dar acesso a sua residência com maquinas publica.
Sem obras no município o cofre deve estar cheio, os únicos investimentos são de manutenção das ruas , vicinais e os serviços básicos de manutenção diária, com investimento reduzido os serviços são paliativos.

Nenhum centímetro de pavimentação (asfalto) a cidade recebeu, contrariando as promessas de campanha; ainda no primeiro ano mudaria a cara da cidade (este asfalto casca de ovo arrancarei todo), sem muita criatividade colocou pneus nos canteiros em torno de palmeiras adultas na tentativa de mudar a cara da cidade contrariando a maioria dos vereadores.

Vender Rua: Essa noticia, eu vi no jornal Folha do Progresso, segundo a nota  7 milhões seriam investidos com a compra (doação) da rua,  os boatos já existia anteriormente, mas somente  boatos – então é verdade, é apenas isso. "Quando o poder público se desfaz de um patrimônio, ele se desfaz apenas no caso de ter condições muito vantajosas para interesse do prefeito e da  Prefeitura, senão jamais fará", mas para concluir o feito (vender ou doar) é preciso a tramitação pelo legislativo de um projeto de lei, conforme ocorreu em passado próximo.....

Vou me aprofundar neste assunto e volto a comentar em breve!