Seguidores

domingo, 11 de agosto de 2013

Vereadores aliados e de oposição se unem contra Prefeito de Óbidos

Situação do prefeito Mário Henrique ficou complicada

 
Mário Henrique Guerreiro (PMDB).
 
Um fato inédito está acontecendo no município de Óbidos, no Oeste do Pará. Todos os vereadores estão se unindo para fazer oposição ao atual prefeito da cidade, Mário Henrique Guerreiro (PMDB).
Segundo informações repassadas à nossa reportagem, por um dos vereadores revoltados, o município de Óbidos está totalmente entregue as baratas, com as ruas todas esburacadas. A atual administração municipal está um verdadeiro caos.
Na segunda-feira, dia 05, por ocasião do início dos trabalhos no Poder Legislativo, os vereadores de oposição e da base governista, presenciando o descaso e o abandono relegado à cidade pelo atual gestor municipal, se uniram com o intuito de fazer o prefeito Mário Henrique se lembrar da cidade. Segundo informações de vereadores, o município de Óbidos está à deriva, sem Código de Postura, a saúde está doente e o Prefeito some, bem como não dá atenção aos vereadores.
Vereadores fizeram um pacto na primeira sessão do segundo semestre com o intuito de mobilizar o prefeito Mario Henrique para as demandas do Município.
Para completar a situação desfavorável ao gestor obidense, na segunda-feira (05) foi anunciado que o Município perdeu a quantia equivalente a R$ 410.000,00 do FPM (Fundo de Participação dos Municípios) pelo governo Federal.
Os vereadores prometem cobrar do Prefeito, para que ele faça sua parte em trabalhar em prol do Município, haja vista que até o momento ele ainda não disse porque foi eleito para administrar o Município. Já tem gente sentindo saudade do ex-prefeito Jaime Silva.
PA-254 ESTÁ INTRAFEGÁVEL: A Rodovia PA-254, no trecho Óbidos/Oriximiná, está sem condições de tráfego, pois apresenta crateras gigantes que nenhum veículo consegue passar. A alternativa encontrada pelos motoristas foi um desvio porque pela Rodovia é praticamente impossível passar. Além dos buracos, as pontes de madeira também apresentam má conservação e um perigo constante. As imagens são de um trecho próximo ao Repartimento. Com essa situação, quem sai prejudicado mais uma vez é a população que transita pelo local. Com informações de Edinei Silva, Elias Junior e Adilson Moraes.
Fonte: RG 15/O Impacto