Seguidores

quarta-feira, 14 de agosto de 2013

Senado rejeita proposta que inclui políticos na malha fina da Receita

Proposta do senador Cristovam Buarque queria fiscalização mais rigorosa para as informações do IR de políticos

A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado rejeitou nesta terça-feira (13/8), proposta que previa a inclusão automática de políticos com mandato eletivo na malha fina da Receita Federal. A proposta do senador Cristovam Buarque (PDT-DF) queria fiscalização mais rigorosa para as informações da declaração de Imposto de Renda de políticos.

Cristovam Buarque (PDT-DF)

O senador Cristovam Buarque (PDT-DF) observou que seria “bom para a opinião pública” votar a proposta que “pede que nossas vidas sejam mais fiscalizadas”. Mas 12 senadores se mostraram contrários à proposta, enquanto três votaram favoravelmente. Para o senador Romero Jucá (PMDB-RR), a proposta dava tratamento diferenciado para os políticos, “ferindo o direito de igualdade”. A proposta já havia sido rejeitada pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania, que a considerou inconstitucional. Na CAE, a proposta tinha caráter terminativo (não precisava passar pelo plenário da Casa).
Fonte: Correio Braziliense