Seguidores

terça-feira, 16 de abril de 2013

Celpa esclarece custo de substituição de medidores

Olhão -Celpa
A Celpa esclareceu nesta segunda-feira (15) o novo sistema de distribuição de energia que irá substituir os atuais medidores, os “olhões”. O comunicado foi produzido após denúncia do Deputado Wladimir Costa (PMDB-PA), o qual argumentou que os custos para a substituição desses equipamentos seriam repassados integralmente para o consumidor.
Segundo a concessionária, o novo padrão é formado por uma caixa de medição, disjuntor, condutores, sistema de aterramento e outros acessórios de instalação elétricas em imóveis, e deverão ser providenciadas e financiadas pelos consumidores que estão construindo novas residências, ou seja, novos clientes. Neste caso, a Celpa fornecerá e instalará o medidor de energia gratuitamente.

Já aqueles que são
clientes da Celpa e atualmente usam os “olhões”, não precisarão arcar com a substituição e instalação, o que será custeada pela fornecedora de energia.

Ainda de acordo com a Celpa, o novo sistema será gradativamente aplicado em todo o Estado e todos os produtos necessários para a instalação do novo sistema estarão disponíveis em lojas de matérias de construção até o final de abril.

Para solicitar uma
ligação nova, o cliente deverá ir a uma agência de atendimento da Celpa e informar os dados pessoais do titular, endereço do imóvel, carga detalhada (relação de aparelhos elétricos que serão utilizados), tipo de ligação (monofásica, bifásica, trifásica ou polifásica) e a natureza da atividade desenvolvida no local.
Mais informações estão disponíveis no site da Celpa.

RESPALDO
O DOL entrou em contato com a Agência de Regulação e Controle de Serviços Públicos Públicos do Estado do Pará (Arcon), por telefone, para confirmar o amparo legal que sustenta o argumento da Celpa de que os novos clientes terão de arcar com as depesas dos novos medidores. Por telefone, foi
informado que uma reunião já foi realizada entre as duas entidades para esclarecer os impactos e as inovações dessa mudança.
(DOL com informações da Celpa)