Seguidores

sábado, 16 de março de 2013

No Mato Grosso....

Médico pode ter sido vítima de vingança
Nelson Uemura, de 66 anos
polícia de Guantã do Norte já trabalha com a hipótese de vingança em relação à morte do médico Nelson Uemura, de 66 anos. Ele foi assassinado no final da tarde de quinta-feira (14), às margens da BR-163, com um tiro no rosto. Segundo fonte da polícia, no final do ano passado, o médico atendeu um jovem que havia acabado de se envolver em um acidente automobilístico. Com um grave ferimento em uma das pernas, o médico teria informado à família que não podia operar a vítima - que precisava ser transferida, com urgência, para Cuiabá, inclusive por correr o risco de ter que amputar a perna. Na ocasião, Uemura teria se recusado a operar o jovem, dada a gravidade do ferimento.

Nesse momento, segundo a fonte da polícia, o pai do jovem teria dito que mataria o médico, caso a perna do filho fosse amputada. Após ser transferido para a Capital, o jovem foi atendido, mas acabou sofrendo a amputação. O policial afirmou ao MidiaNews que o fato será investigado. Fonte:Guaranta News