Seguidores

quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

Direito de resposta

Da ex-prefeita Madalena Hoffman (PSDB)
Madalena Hoffman 

A  ex-prefeita Madalena Hoffman (PSDB) após a transferência da faixa no dia 1º de janeiro de 2013 para seu sucessor Osvaldo Romanholi (PR), vem sendo alvo de acusações referente aos desmandos deixado na sua gestão de 2009/2012 frente a prefeitura de Novo Progresso, desmandos estes relatados pelo atual gestor Osvaldo Romanholi, em matérias publicadas na imprensa local, Madalena vem a público explicar os fatos ocorridos na sua ausência da cidade nos últimos dias..


Quanto aos documentos apreendidos pela justiça, a ex-prefeita do Município de Novo Progresso, Madalena Hoffmann(PSDB), se diz tranqüila e consciente que os documentos apreendidos não apontam ilegalidades relativa à sua gestão.
Questionada pelo fato de não ter deixado tais documentos nos arquivos da prefeitura a ex-prefeita relatou que ainda estava de posse de tais documentos para deles extrair cópias para seus arquivos e que muitos destes documentos são de sua responsabilidade e ainda precisam ser enviados aos tribunais de contas, bem como para os órgãos concedentes. Ainda em relação ao fato, afirma que já havia informado que estes documentos estava em sua posse e que havia disponibilizado para consulta. Afirma a ex-prefeita que é de conhecimento de todos que as prestações de contas se arrastam em análise durante anos nos tribunais de contas e que responderá por elas por todo o período. Desta forma, como não teve tempo hábil para tirar cópias de todos os documentos que precisará, os reteve para garantia de que nada seria extraviado e fosse garantido a obtenção de cópias de tudo.
Madalena se diz tranqüila, pois os documentos estão protegidos pela justiça e está garantido que nada será extraviado, sendo assegurado todos os direitos que ela possui.
Quanto ao enfoque dado à questão, diz que está havendo sensacionalismo do atual prefeito, pois a atitude tomada em nada ajuda na gestão atual até porque todos os documentos necessários à continuidade do serviço público foram entregues.
Perguntada sobre o que teria à dizer sobre as declarações do Prefeito em relação ao Projeto do Hospital, que segundo boatos, teria afirmado que este projeto não existiu, Madalena diz que é lamentável tais declarações, pois o Projeto existe sim e se o Prefeito entende que não conseguirá dar seqüência ao projeto é por falta de iniciativa e respaldo político atual, pois em seu governo deixou tudo encaminhado, afirmando ter provas disto. Da mesma forma, como ex-gestora, sabe de todas as dificuldades que o novo prefeito encontrará para administrar o Município e que o Prefeito deveria focar nos trabalhos que tem a desenvolver ao invés de fazer sensacionalismo diante dos problemas enfrentados pela gestão anterior.
Madalena ainda assegura que jamais se eximirá de cumprir seu dever de prestar contas devidamente e prestar todas as informações possíveis para o bem do Município, relembrando que sempre foi cidadã e moradora do Município e que assim continuará.
Por fim, argumenta que o tempo se encarregará de esclarecer os pontos controvertidos e que se mantém de cabeça erguida e que as possíveis irregularidades que possam ser encontradas em sua gestão foram meramente formais, estando de consciência tranqüila que cumpriu o seu dever e que responderá por todos os atos tomados como prefeita, confiante que desempenhou a sua função da melhor forma. Fonte: Matéria envida pelo ADV. EDSON CRUZ /Madalena Hoffman.