Seguidores

quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

BASTIDORES DA POLITICA PROGRESSENSE

Saiba como votou seu vereador na sessão que elegeu Macarrão presidente

Chico Souza (esquerda) Macarrão(direita)

A votação para eleger a nova presidência da Câmara Municipal de Novo Progresso, ocorrida na manhã de terça-feira (1), transcorreu em clima de decisão de Copa do Mundo. As duas chapas inscritas na disputa, uma encabeçada pelo vereador Chico Souza (PMDB) e a outra pelo petista Ubiraci Soares popular Macarrão, disputaram voto a voto dos parlamentares.
O sistema de voto foi secreto, conforme manda o regimento da casa, então ficaria difícil para saber quem realmente votou na chapa 1 ou 2.
Com um breve estudo feito entre os edis e conversando com os bastidores da politica vamos colocar um relato abaixo conforme nossa intuição.
Observando que para eleger a chapa encabeçada  pelo Vereador Chico Souza do PMDB, foi feito uma aliança com os vereadores do PSDB, que seria o MAGNO COSTA e JUAREZ CIVIEIRO, somando com os do PMDB ,CHICO SOUZA,NEGO DO BENTO e LUIS HELFEINSTEN caso não houvesse discórdia obteriam cinco votos, necessários para eleger Chico presidente..

Do outro lado o espertíssimo Macarrão(PT) compôs a chapa com o PMDB de vice e completou com o PR e PT.

Neste caso houve uma forte queda dos candidatos da ala peemedebista e tucanos, para votar na chapa petista que venceu com o placar de 6 x3.



NEGO DO BENTO VOTOU PARA MACARRÃO

SEBASTIÃO BUENO- VOTOU MACARRÃO

ELOITO BERTOLLO-VOTOU MACARRÃO

MAGNO COSTA-VOTOU MACARRÃO

LUIS HELFEINSTEN – VOTOU MACARRÃO

MACARRÃO – VOTOU MACARRÃO

Neste palpite a novidade vem pelo voto retirado dentro da estrutura do PSDB, que na verdade completou o sexto voto. Magno Costa se redimiu aos erros e tentou acerto!?

Sobrou então, CHICO SOUZA,JUAREZ CIVIEIRO e EDMAR ONETTA.
 
Em conversa dom o vereador Nego do Bento (PMDB) confirmou que votou na outra chapa devido a falta de respeito que o partido lhe deve, foi vereador mais votado do município em outra eleição, tentou se lançar a presidência da casa e foi impedido pelo próprio partido, então para que fidelidade, disse.
Luizao(PMDB) foi categórico disse que pretendia se lançar candidato dentro do grupo que foi eleito mas não obteve apoio, eles estavam fechados entre eles, disse.
Já o Vereador Magno Costa (PSDB) não foi encontrado para comentar sobre o assunto.
A base Tucana no município esta um tanto indignada com atitude do vereador que segundo eles foi o prestigio de quatro anos de mandado que lhe foi confiado, jogado forra, elegemos o vereador e já de cara nos traiu.