Seguidores

sexta-feira, 23 de novembro de 2012

RECADO

Barbosa: juízes devem ficar longe da política
MInistro Joaquim Barbosa, presidente do Supremo
 Tribunal Federal, cumprimenta a presidente
 Dilma Roussef, em Brasília / Foto Divulgação


Ao tomar posse hoje (22) como 44º presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), o ministro Joaquim Barbosa, 58, afirmou que o juiz precisa se manter distante das "múltiplas e nocivas influências", inclusive políticas, mas não deve deixar de ouvir o "anseio" da sociedade.
Sem citar nomes, o novo presidente do STF afirmou que essas "más influências" se manifestam tanto "a partir da própria hierarquia interna", quanto "nos laços políticos" em que juízes acabam se submetendo na "natural e humana busca por ascensão funcional e profissional".
"É preciso reforçar a independência do juiz, afastá-lo desde o ingresso na carreira das múltiplas e nocivas influências que podem paulatinamente minar-lhe a independência", disse.Continue lendo AQUI.