Seguidores

quarta-feira, 7 de novembro de 2012

PRESIDENTE

Dilma defende imprensa livre em evento anticorrupção
Presidente Dilma Rousseff durante cerimônia
de abertura da 15ª Conferência Internacional
 Anticorrupção em Brasília
Foto:Alan Marques/Folhapress
A presidente Dilma Rousseff defendeu que a imprensa seja livre durante a 15ª Conferência Internacional Anticorrupção na manhã desta quarta-feira (7), em Brasília.
Dilma afirmou que a prevenção e o combate à corrupção hoje no Brasil são "práticas de Estado". Ela destacou ainda que, apesar dos "exageros" da mídia, é preferível a um país ter uma imprensa livre
Presidente Dilma Rousseff durante cerimônia de abertura da 15ª Conferência Internacional Anticorrupção em Brasília
"Como eu já disse várias vezes, eu estou convencida de que mesmo quando há exageros --e nós sabemos que eles existem--, é sempre preferível o ruído da imprensa livre ao silêncio tumular das ditaduras", declarou, em meio ao debate no PT e em setores do governo de promover um sistema de regulamentação da imprensa.
A presidente destacou também que o discurso contra a corrupção não pode ser usado como arma política.
"O combate ao malfeito não pode ser usado para atacar a credibilidade da ação política. O discurso anticorrupção não deve se confundir com o discurso antipolítica ou antiestado. Deve reconhecer o papel do Estado como desenvolvimento importante à transparência. O Estado é o destinatário das mobilizações por transparência", afirmou.Do Folha UOL