Seguidores

quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Falou e disse

CARGOS PÚBLICOS PERTENCEM AO POVO


Se os indivíduos que ocupam os postos governamentais podem e devem, como qualquer cidadão, ter convicções políticas, o governo como tal não pode se parcializar. Os altos cargos da administração pública não são propriedade de partidos e muitos menos de indivíduos. Pertencem ao povo e é a ele que incumbe designar, por meio do voto, quem deve exercê-los. Governo é magistratura e a sua ação não pode ser facciosa. Aqueles que se valem do poder para fins partidários e como instrumento de coação degradam a autoridade, são indignos da função que exercem e cometem uma traição contra o povo.
Senador Alberto Pasqualini (1945)