Seguidores

domingo, 24 de setembro de 2017

O que há por trás da queda no desmatamento celebrada por Temer

Por Maurício Moraes - Em discurso na ONU, presidente omitiu contexto ao dizer que números indicam redução de 20% na derrubada da Amazônia
O presidente Michel Temer (PMDB) comemorou dados preliminares sobre o desmatamento da Amazônia, em discurso de abertura da Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), em Nova York, na terça-feira (19). Segundo ele, números disponíveis para o ano passado mostram uma diminuição de mais de 20% na derrubada da floresta. Ao analisar a informação, o Truco – projeto de fact-checking da Agência Pública – descobriu que a o indicador é verdadeiro, mas Temer omitiu detalhes que permitem compreender o que de fato ocorreu. Por isso, a frase foi classificada como sem contexto.

quinta-feira, 21 de setembro de 2017

Resíduos Sólidos- Novo argumento para IBAMA fechar serrarias em Novo Progresso

Ibama segue asfixiando a economia da Amazônia


Operação de fiscalização do Ibama resultou na suspensão das atividades de mais 12 serrarias nos municípios de Novo Progresso e Altamira, no Pará. Os agentes ambientais aplicaram treze autos de infração, que totalizam R$ 2,6 milhões. 

Cancelada Urgência no Projeto de Lei que Altera limites da Flona Jamanxim

"Trancando a Pauta os deputados precisavam votar nesta quinta (21) o PL nº 8107/17"
A Pedido da Presidência da Republica o  PL nº 8107/17, do Poder Executivo, que desmembra 26,45% da área da Floresta Nacional (Flona) do Jamanxim para criação da Área de Proteção Ambiental (APA) do Jamanxim, ambas localizadas em Novo Progresso, no sudoeste do Pará deixou de tramitar em regime de urgência para prioridade.

terça-feira, 19 de setembro de 2017

Nuvens de fumaça cobrem a região e impedem voos

Até o presente momento (13h17mn), o movimento de pousos e decolagens no aeroporto de Novo Progresso está inativo.
Aeronave retorna sem pousar-(Foto:Arquivo Jornal Folha do Progresso)
As aeronaves que abastecem os garimpos na região estão passando por dificuldades para voar na região garimpeira de Novo Progresso.
Outras aeronaves que usam a pista de Novo Progresso também estão evitando. Não existem voos comerciais em Novo Progresso , em 2014 aeronave de passageiros da empresa aérea Piquiatuba teve que cancelar pouso devido céu encoberto por fumaça. 

segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Mineradora Chapleau -Justiça pede anulação das licenças

Ação pede à Justiça anulação das autorizações da Semas e do DNPM à mineradora Chapleau

O Ministério Público Federal (MPF) entrou com ação contra a Secretaria do Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas), o Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM) e a empresa Chapleau Exploração Mineral por participarem de forma irregular da prática de atividades de mineração nos municípios de Novo Progresso e Altamira, sudoeste do Pará.

O MPF pediu à Justiça Federal que anule as autorizações concedidas pela Semas e pelo DNPM que permitiam as atividades de lavra da empresa Chapleau na região, e que obrigue a Semas a exigir o estudo prévio de impacto ambiental à mineradora antes de autorizar o início das atividades.

sexta-feira, 15 de setembro de 2017

Ali Baba e os oito babões

Vereador usa projeto social do Governo Estadual para promoção.

Vereador Professor Gilberto usa projeto do Governo do Estado para auto-promoção pessoal.

Nesse caso fica clara a violação dos princípios constitucionais relativos à Administração Pública pelo dolo na conduta.
Ao divulgar como conquista do seu mandato em ser  o organizador do Projeto Ação Cidadania na verdade o Vereador cometeu ato de abuso autoridade.
A conduta deve se pautar pelo dolo, isto é, pela intenção precípua de causar danos à Administração Pública e, sobretudo, de favorecer pessoalmente o administrador.
O Projeto existem em mais de 14 municípios. 
A função do vereador é questionada.
As coisas acontecem aqui em nossa cidade como se fosse a casa da mãe Joana , e ainda tem quem acredita que ele esta agindo certo!

quarta-feira, 13 de setembro de 2017

Empresa paralisa obras em rodovia após encontrar ninho de corujas

Foto: Ivan Amorim
As condicionantes ambientais são levadas à sério pela empresa Viapar
Em Maringá, no Paraná, obras numa rodovia tiveram que ser paradas por causa de uma família de corujas-buraqueiras que estão instaladas no local. A obra, na altura do km 145 da BR-376, na Presidente Castelo Branco, teve seu roteiro alterado por pedido da concessionária Viapar, que ouviu a opinião de uma bióloga sobre a situação.

terça-feira, 12 de setembro de 2017

Novo Progresso teve redução de população em 2017,diz IBGE



Novo Progresso teve uma redução populacional comparada com senso de 2010 que foi de 25.124  para 2017 uma população  de 25.071 pessoas.
Conforme divulgou instituto de pesquisa nacional o município de Novo Progresso diminuiu a população em 51 habitantes - entra no senso como estimativa das pessoas que se concentra, no grupo de municípios com até 20 mil habitantes.
Novo Progresso 1985

"Quase 25% dos municípios tiveram redução de população em 2017".

Explica o IBGE 
As Estimativas de População dos municípios, divulgadas  pelo IBGE, mostram que quase um quarto dos 5.570 municípios brasileiros (1.364 municípios) tiveram redução populacional. Além disso, em mais da metade deles (3.130), as taxas de crescimento populacional foram inferiores a 1%, e em apenas 207 municípios (3,7% do total) o aumento foi igual ou superior a 2%.
Novo Progresso 2017 (Foto Droner Progresso)
A redução populacional concentra-se, principalmente, no grupo de municípios com até 20 mil habitantes (32,4% ou 1.233 municípios). Por outro lado, aqueles com mais de 100 mil a um milhão de habitantes tiveram a maior proporção de municípios com crescimento acima de 1% (40,3% ou 118). Nove dos 17 municípios com mais de um milhão de habitantes tiveram taxas de crescimento entre 0,5% e 1% ao ano. A diminuição de habitantes ocorre com mais frequência na região Sul, enquanto no Norte e o Centro-Oeste estão as maiores proporções de municípios com taxas de crescimento acima de 1%.

VENENO POLÍTICO - AS CURTAS DO BLOG




Ilustrativa charge divulgação internet



 Local
Oposição ou Situação?

O povo quer saber o que o professor  foi conversar com o prefeito!

Já é normal na política, adversários se abraçarem conversarem e até posarem para a imprensa. Mas tem fatos que o eleitor não perdoa e quer saber  porque o vereador  professor  esta se  acertando com o seu principal adversário político, o prefeito Macarrão (PSC).
--------------------------------------------------------------



Tudo começou quando a missa terminou.

A missa terminou e em seguida teve a tradicional procissão pelas principais ruas da cidade  de Novo Progresso. O santo padroeiro foi colocado na igreja, os devotos foram pagar suas promessas, beijar o santo..., enquanto isso o prefeito ficou lá fora saudando os amigos, conversando com um, conversando com outro;  de repente o professor  aparece acompanhado de seu assessor  e se dirige ao prefeito, chamando-o para uma conversa a sós... É essa conversa que o povo quer saber. 
------------------------------------------------------------- 


Entrosamento

Uma fonte nos informou em Novo Progresso, que corre o risco, como diz o matuto; de Novo Progresso ter um prefeito reeleito desta vez. O prefeito tem uma facilidade enorme de se relacionar com os dois lados políticos (situação e oposição). Isso vem causando preocupação aos que resistem, chegando ao ponto de ter gente se apegando a coisas pequenas.
------------------------------------------------------ 

BR 163 - pesquisa mostra que vida útil do pavimento é de 6 meses

Foto Arquivo Blog
Asfalto projetado para durar 10 anos na BR-163 terá vida útil de apenas 6 meses, mostra pesquisa  realizada por estudantes de uma universidade particular de Brasília demonstrou que o pavimento utilizado em alguns trechos da BR-163, conhecida como Cuiabá-Santarém, tem vida útil muito menor do que o previsto nos projetos elaborados pelo Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte (DNIT).

Congresso promulga texto da lei da regularização fundiária

Divulgação
Foi publicado no Diário Oficial da União de hoje, 8, a Lei nº 13.465, de 11 de julho de 2017. Trata-se da divulgação do texto consolidado da norma, que inclui as partes vetadas e rejeitadas pelo Congresso Nacional. A Lei nº 13.465/2017 foi sancionada com uma série de vetos pelo presidente Michel Temer no dia 11 de julho, mas faltava a deliberação dos parlamentares sobre os pontos suprimidos. O texto, que revoga regras atuais da Lei nº 11.977/2009, já estava em vigor desde essa época.

segunda-feira, 11 de setembro de 2017

Frase do Dia


Mãe é Mãe!
"Meu filho não é bandido, é doente", disse dona Marluce Quadros Vieira Lima.

Câmara deve apreciar na terça Projeto de Lei 8107/17 que desmembra “Floresta do Jamanxim”


A semana promete e pode desenrolar o “PL”  em sessão na Câmara dos Deputados.
 
Câmara dos Deputados (Foto Divulgação)

Os deputados podem de vez definir os membros da comissão  que vai analisar PL que modifica as UCs em torno da Floresta do Jamanxim.

Nesta semana além de pautar as reformas políticas a Câmara dos Deputados poderá analisar o Projeto de Lei 8107/17 - tramita em regime de Urgência - que desmembra 26,45% da área da Floresta Nacional (Flona) do Jamanxim para criação da Área de Proteção Ambiental (APA) do Jamanxim, ambas localizadas na região de Novo Progresso, no sudoeste do Pará. As APAs possuem regras de exploração menos rígidas que as florestas nacionais.

quinta-feira, 7 de setembro de 2017

Temer recua e suspende decreto para mineração por 120 dias

'Governo entendeu o recado', diz especialista do WWF-Brasil
Amazônia (Foto Divulgação)

"Medida inclui Flona Jamanxim em Novo Progresso e região".
O presidente Michel Temer e o ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, suspenderam por 120 dias o decreto que extinguia a Reserva Nacional de Cobre e Seus Associados (Renca), que altera os limites e reduz a Floresta Nacional e a Área de Proteção Ambiental do Jamanxim, em Novo Progresso, no Pará.

Saneamento tem recurso disponível em Novo Progresso

 Governo federal libera R$ 1,8 Milhões para saneamento
 
Unidade de tratamento em Novo Progresso (Industrial)
Recurso do Programa de Aceleração de Crescimento e foi repassado pelo Ministério da Saúde para o município - este plano incluiu Novo Progresso e  contempla os com até 50 mil habitantes

O ministério da Saúde, tem divulgado que  o investimento em saneamento básico é fundamental para prevenção da saúde da população. “Saúde é muito mais que ausência de doença, é resultado das condições de vida" divulgou. Desta forma, o saneamento básico, com acesso aos serviços de água e esgotamento sanitário, tem papel central na qualidade de vida da população e, consequentemente, na saúde.

terça-feira, 5 de setembro de 2017

STF libera 13.º de vereadores e prefeitos



Vereadores de Novo Progresso terão que se adequar a lei para começar a receber 13º salário. 
Sessão solene na Câmara Municipal
O Supremo Tribunal Federal (STF) liberou o pagamento do 13º salário e do terço de férias para vereadores. A entidade de classe dos vereadores comemorou a decisão , com a publicação do acórdão sobre o tema, que põe fim à indefinição jurídica sobre o tema. Além deles, prefeitos e vices também passam a ter direito ao benefício.

Raptando a noticia- Plágio;desrespeito ou burrice mesmo?

O plágio em Novo Progresso - usos e abusos               
Imagem Ilustrativa (Internet)
A palavra plágio, do grego plágios e do latim plagiu, significa ‘trapaceiro’
O plágio caracteriza, portanto, uma conduta nada louvável.
Plagiar é basicamente o ato de se apropriar indevidamente do trabalho intelectual de outra pessoa -infelizmente, essa é uma prática vivida em Novo Progresso.
CONTROL C / CONTROL V, copia e cola. Envolve todos os níveis de comunicação escrita falada em sua maioria perdem o bom senso e fazem da noticia do outro a sua noticia [ridículo e trapaceiro].

Com base nas aulas de Ética em Jornalismo é possível constatar que o Código de Ética rege a conduta profissional do jornalista e dos veículos de comunicação. 
No entanto, a cada dia que passa tenho a nítida sensação que esta cadeira parece ter sido abolida na prática profissional de alguns jornalistas e responsáveis por meios de comunicação atualmente integrados ao mercado de trabalho em nossa cidade.

segunda-feira, 4 de setembro de 2017

MPF disponibiliza ferramenta para acompanhamento de processo

As notificações são enviadas diretamente para o e-mail cadastrado



O Ministério Público Federal (MPF) desenvolveu uma ferramenta para auxiliar o cidadão que deseja acompanhar o trâmite de processos no órgão. O sistema Push é um serviço automático de acompanhamento de novas movimentações (andamentos ou fases) dos documentos em trâmite no MPF, por meio de e-mail cadastrado.

sexta-feira, 1 de setembro de 2017

Toque de recolher ou Temer?

“Informação extra- oficial de que as ações de fiscalização do IBAMA na região vão diminuir”.

Maria Luiza-(Foto Reprodução)
Maria Luiza Gonçalves,  chefe da fiscalização e da superintendência do IBAMA de Santarém, não esta mais em Novo Progresso, ela foi ameaçada de morte no facebook.

A política de destruição do IBAMA  gerou clima tenso na região – ação criminosa e seu efeito na destruição dos bens apreendidos não resultam em temer o meio ambiente [Madeiras continuam sendo retiradas, ouro extraído e mata derrubada]. 

Oito viaturas do IBAMA foram destruídas pelo fogo, em um ato de vandalismo, até hoje ninguém foi preso ou penalizado pelo crime.

Presidente da Câmara assume Prefeitura com viagem de Macarrão e Dill

Nego do Bento(PROS)
Desde a manhã desta segunda-feira, dia 28, o presidente da Câmara Municipal de Novo Progresso, vereador Nego do Bento é o prefeito interino da cidade de Novo Progresso.
Nego do Bento (PROS)assumiu a função de prefeito do município, com a ausência do titular Macarrão (PSC) e  do vice-prefeito Gelson Dill..
A ordem segue a legislação municipal, uma vez que Macarrão e Dill viajaram para Brasília para tratar de assuntos de interesse do município. 

quinta-feira, 31 de agosto de 2017

Congresso mantém veto integral à MP que diminuía Flona Jamanxim




O veto presidencial foi mantido na sessão do Congresso desta quarta-feira (30). 



A medida provisória mudava os limites do Parque Nacional do Rio Novo e da Floresta Nacional do Jamanxim, desmembrando 486 mil hectares de seu território para criar uma Área de Proteção Ambiental, na região de Novo Progresso no sudoeste do Pará [Um parque nacional tem proteção integral e permite poucas atividades, como turismo - Já floresta nacional e a APA são mais flexíveis para uso econômico].

Em defesa da Amazônia -Artistas criam campanha contra decreto de Temer

Ilustrativa
Um grupo de artistas lançou nesta quarta-feira uma nova campanha contra o decreto do presidente Michel Temer que autoriza a exploração mineral de parte da Amazônia. O nome do projeto, 342Amazônia, faz referência ao número de votos necessários para aprovação de um projeto na Câmara e explicita a ligação do grupo com outra campanha de mobilização, a 342Agora, que pedia em julho a aceitação da denúncia por corrupção contra Temer.

“Com a Amazônia não se brinca”, avisa Caetano Veloso no vídeo divulgado pelos artistas nesta quarta.

quarta-feira, 30 de agosto de 2017

Mineração criará 1.200 vagas em Novo Progresso e 17.500 empregos em oito cidades paraenses



A informação foi DIVULGADA nesta terça-feira (29) pela Associação Paraense de Engenheiros de Minas - Assopem-
Ilustrativa -Blog Adecio Piran
Novo Progresso a expectativa que seja a primeira a contratar. 
A mineração do "Tocantinzinho" terá 3.000 mil vagas ,  também favorece aos trabalhadores na região de Novo Progresso.
Mariana Jucá, filha de Romero, é dona de mineradora que explorará ouro e basalto na reserva amazônica extinta por Temer
 
A empresa Boa Vista Mineração Ltda, que tem como cotista Marina de Holanda Menezes Jucá Marques, filha de Romero Jucá (PMDB – RR), foi a grande beneficiada com a extinção da proteção da área de quase 4 milhões de hectares.

Leia:Justiça Federal suspende decreto que extingue reserva na Amazônia
Mariana Jucá deverá pesquisar ouro, cobre e basalto em áreas da reserva em proximidade com os índios. Seu pai, Romero Jucá, foi o autor de um projeto de lei 1610/1996 que havia sido retirado por ele mesmo em 2014 sob alegação de que era atacado por adversários sobre o caso.